Aerocast 18 – Manicacas e Outras Vergonhas 2

5

No décimo oitavo episódio do Aerocast, Toledano, Thiago “Caçador de Manicacas” e Athos se reúnem para dar risadas dos Manicacas de 2015 e descobrir o que tem de “novo” no pedaço. Nesse episódio descubra que se você mijar no canto do quarto vestido de piloto, não divulgue para os seus amigos, descubra que para ser CEO de uma empresa antes de tudo você precisará de um CNPJ e saiba também que o Host desse programa já teve uma carteira com Brasão da República e um escrito “PILOTO”.


Comentado no programa

Loja Aerocast

Feed do Aerocast

Aprenda a assinar nosso feed. É muito simples!

Feed – Adicione ao iTunes! CLIQUE AQUI.

Feed – http://www.aerocast.com.br/feed/podcast

Contato

@AerocastBrasil – Equipe Aerocast
@Aerocast – Gabriel Toledano
@Athosgsc – Athos Gabriel

Deixe uma mensagem com sua opinião! Pode ser boa ou ruim, o importante é não ficar calado. Lemos todos os e-mails e comentários sem exceção!

contato@aerocast.com.br ou clique aqui.

  • OLucasConrado

    Poxa, senti várias culpinhas aqui ouvindo o episódio! huahuahuahua

    Em minha defesa, digo que, apesar de ter camisa de piloto no guardarroupa (essa nova grafia do português é muito esquisita), não fico aí pagando de piloto. Não vou pro SDU, nem pro GIG vestido assim. Não tenho CMD em nenhum email/login e botei como meta só vestir essa roupa novamente quando tiver minha carteira de piloto em mãos!

    Ah, agora me surgiu uma dúvida aqui. Fiz amizade com um copiloto da Gol, que é escritor e ex-comissário (entendedores entenderão de quem estou falando). Estou sempre conversando com ele, tirando dúvidas e tal… na minha cabeça, sempre foi amizade sincera. Será que tô parecendo baba ovo? E o mais importante: como NÃO parecer baba ovo? De verdade, não quero ser baba ovo de ninguém. Quero conquistar meu espaço na aviação por meios próprios, trilhando o meu caminho.

    Mas vim aqui para comentar outro ponto do podcast, defendendo a minha classe (ainda). Falei sobre isso no Na Porteira Cast sobre acidentes aéreos e vou comentar isso aqui também. Sobre as merdas que o Jornalismo publica.

    Existe, sim, muito jornalista com má fé, que distorce informações, ou faz um título pegadinha, com a intenção de atrair mais público. Mas, muita coisa que sai errada no jornalismo, sai assim por desinformação e por pressão para publicar logo. Com o advento da internet, essa praga de se publicar primeiro a notícia tem crescido. Aí saem merdas. Ainda mais podendo editar a matéria depois.

    Mas, em muitos caso, mas manicacadas que os jornalistas dão não são intencionais ou de má fé. São puro desconhecimento. Imagina a situação. Avião cai no centro do Rio. Você, que nunca leu nada sobre aviação, está lá na redação, fazendo sua matéria sobre buracos de rua. Aí o editor fica sabendo da queda e te manda pro local do acidente. Chega lá, bombeiro correndo pra todo lado, policial querendo isolar a rua, testemunhas assustadas… e seu editor ligando toda hora querendo logo a matéria pra por no site, antes que o portal rival coloque. É foda! Vocês disseram que piloto não é uma profissão mais glamourizada, jornalista é menos ainda! A vida não é fácil pra nós!

    Estagiei por quase um ano numa revista científica. Sempre tentei fazer minhas matérias com a maior apuração e exatidão possível. Tinha sorte de trabalhar numa publicação que dava bastante tempo pra gente fazer as matérias, justamente para diminuir as chances de erro. Ainda assim, eu errava, entendia errado algum conceito e tal. Sorte minha (e dos meus leitores) que o cientista que entrevistei, lia a matéria antes e fazia as correções. No jornalismo diário, isso é impossível. Infelizmente.

    Acho esse modo de fazer jornalismo errado. Mas é como a banda toca hoje.

    Enfim, escrevi no meu Facebook uma “matéria” parodiando esses erros do jornalismo. Espero que gostem!

    “Pista do Santos Dumont pode receber Airbus 747
    Boeings de todas as fabricantes poderão pousar no centro do Rio

    É um novo passo para a aviação no Rio de Janeiro. A partir de janeiro de 2015, Boeings de todas as fabricantes poderão pousar no Santos Dumont. Os primeiros Airbus 747 começarão a descer no centro do Rio de Janeiro a partir de fevereiro. Medida foi tomada depois de o Galeão anunciar que vai começar a receber voos do Boeing A380.

    Até 2014, Santos Dumont recebia apenas aviões pequenos, como ultraleve, teco-teco e Embraer. A homologação para os Boeings foi decidida pensando nos Jogos Olímpicos de 2016.”

    Enfim, o comentário ficou gigante, mas é isso!

    Grande abraço a todos e, Toledano, por favor, se eu estiver manicacando, me dá um toque lá no Facebook! uhahuauhauhahuahua

    Lucas Conrado Silva
    26 anos
    Jornalista e podcaster do Papo di Minero e Dragões de Garagem
    Rio de Janeiro

    • YagoG.

      Fique tranqüilo moço, guarda-roupa ainda tem hífen. (Chorando por causa dessa nova ortografia horrível, terrível!)

  • Thiago Lúcio

    Fala Lucas Conrado, obrigado pelo comentário! hahaha fica tranquilo, todos nós somos manicacas aqui também, fazemos cada uma que só vendo. Baba ovo é o baba ovo tradicional mesmo, se você tem amizade sincera não tem problema, ta salvo haha O episódio é só para os casos extremos, cada coisa com muita intensidade, você ja deve ter visto alguns extremos por ai, não sinta culpa não haha. Sobre jornalista manicaca, é complicado, mas a intenção também é dar risada com isso. Como eu disse, nós também somos manicacas, estamos no mesmo barco, é melhor rir que chorar né hahaha abraço amigo!

  • Rodrigo Moreira

    Esse professor Manicaca ai eu conheço. kkkkkk

  • Ygor Montenegro

    O professor desbocado é uma figura!! kkkkkkkkkk!!!

    Parabéns pelo trabalho!! Abraços!