EP11 – Meu Caça, Minha Vida

Neste décimo primeiro episódio do Aerocast, Toledano, Klaus, Carcará do Cerrado e Athos, sentam no hangar e tiram algumas dúvidas sobre a maior novela do Brasil: o programa FX. Neste episódio, entenda o histórico do mais enrolado programa para aquisição de novos caças brasileiros, conheça as desculpas esfarrapadas do Brasil e descubra quantos Volkswagem Gol 1.0 equivalem a um Rafale.


Sierra Bravo Aviation - Escola de aviação civil.

Loja Aerocast
Feed do Aerocast


Feed – http://www.aerocast.com.br/feed/podcast

Contato

Vamos lá, deixe uma mensagem com sua opinião. Pode ser boa ou ruim, o importante é não ficar calado. Lemos todos os e-mails e comentários sem exceção, você não ficará de fora, prometemos!

contato@aerocast.com.br ou clique aqui.

Aerocast no Facebook

Sierra Bravo Aviation no Facebookk

Aerococos no Facebook

Efeito Solo no Facebook

Futuros Pilotos no Facebook

Canal do +Aviação no Youtube

  • Claudio Queiroz

    Meus parabéns a todos por este podcast ep 11, muito boa a participação de meu nobre Carcará, e quanto a matéria do Lift mencionada, realmente deu muito “rolo” e descontentamento no meio dos “gripentes”, mas foi realmente um ponto de vista sério e muito embasado, parabéns mais uma vez.

  • Karine Buchweitz

    Demais! Só me deixou com mais vontade de pilotar essas lindezas militares 🙂

  • Carlos Del Valle

    Agora vocês conseguiram me fazer espantar o escorpião do bolso! Supermarine Spitfire com proa para Curitiba!
    Quanto a cast do FX, parabéns, ficou excelente, muito abrangente, gostei muito. Espero que no futuro haja mais episódios sobre aviação militar.
    PS fiquei muito honrado com a menção do nosso programa de F1, agradeço muito e volto a reiterar que o Aerocast é um grande acontecimento da Internet, ouço sempre minutos após ser botado no ar,
    sucesso para vcs

  • Rodrigo Ackerman

    Fala pessoal!

    Episódio excelente, keep it going.

    Abraços!

  • Fábio Carvalho

    Aerocast parabéns por mais esse episódio!
    Agradeço por mencionar o nosso projeto, o blog “Onde Voar?”